Gestão de Risco

A gestão de risco está intrinsecamente presente na cultura da Brisa e nos processos de gestão, garantindo o crescimento sustentado dos negócios e a salvaguarda do valor do Grupo.

A Gestão de Risco tem como objetivo garantir o crescimento sustentado dos negócios e salvaguardar o valor da Brisa, através da adoção das melhores práticas e da capitalização do conhecimento interno, contribuindo para atingir os objetivos estratégicos propostos a nível do grupo. Os riscos a que a Brisa se encontra exposta dividem-se em 4 categorias: 
 
  • Riscos Estratégicos 
  • Riscos Operacionais 
  • Riscos Financeiros 
  • Riscos de Compliance

A Política de Gestão de Risco é determinada de forma integrada ao nível da Brisa, envolvendo diretamente os órgãos de administração das várias empresas do grupo, bem como todas as demais estruturas organizativas.

Sendo um pilar essencial da política de Governo da Sociedade, a Gestão de Risco está presente na cultura da Brisa e nos processos de gestão, cabendo aos colaboradores a responsabilidade de mitigar os fatores de risco, minimizando o seu impacto e a sua probabilidade, e identificando, sempre que possível, oportunidades de melhoria e/ou retorno. 

A gestão integrada de risco do Grupo, baseia-se em metodologias internacionalmente reconhecidas, como o COSO (Committee of Sponsorship Organizations of the Treadway Commission) e a ISO (International Organization for Standardization) 31000 – Gestão de Risco, sendo desenvolvida, da seguinte forma:

O processo implementado na Brisa, para além de assegurar a convergência da Gestão de Risco com o planeamento estratégico, permite, de forma sistematizada e transversal, atualizar periodicamente a identificação e avaliação dos principais riscos do portfolio de negócios. Adicionalmente, permite determinar as respetivas medidas de controlo e/ou mitigação, que no atual contexto de novas tendências de negócio - evolução de gestão eficiente de infraestruturas para desenvolvimento de novas soluções de mobilidade - adquire especial relevância no suporte à gestão numa perspetiva estratégica de desenvolvimento sustentado de toda a Empresa.

A Auditoria Interna, para além de apoiar na implementação do sistema de gestão de risco efetua uma avaliação contínua dos procedimentos estabelecidos de forma a garantir que o sistema de gestão de risco continua alinhado com os objetivos estratégicos definidos pelo Conselho de Administração. 

O Conselho Fiscal tem como responsabilidade supervisionar a política e o sistema de gestão de risco, em articulação com o Conselho de Administração, promovendo uma avaliação anual do sistema e propondo as medidas necessárias ao seu aperfeiçoamento.

Categorias de Risco

Estratégicos

Risco associado à definição e implementação da estratégia e à capacidade de resposta, em tempo útil, a eventos internos e externos que podem afetar significativamente a posição competitiva do Grupo. 

Financeiros

Risco associado à gestão financeira do Grupo, nomeadamente, liquidez, taxa de juro ou risco de crédito das principais contrapartes para possíveis transações financeiras. 

Operacionais

Risco associado à gestão operacional decorrente das atividades que possam ter impacto significativo na continuidade do negócio. 

Compliance

Risco associado ao cumprimento da legislação, de regulamentos, procedimentos internos ou contratos.

 

 

A Brisa tem planos de ação que lhe permitem responder de forma eficaz a todos os riscos identificados, através da implementação de medidas de controlo e mitigação.